Saudades filho

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz Ano Novo!!!




Um ano novo se aproxima acabei de escutar na TV que o ano novo é como se fosse uma pagina em branco em nossa vida que teremos a oportunidade de escrever da maneira que acharmos melhor, mas te pergunto como escrever paginas nova se quando você se foi parece que o meu livro foi arrancado as paginas seguintes e que não tenho mais paginas para escrever e na verdade o que eu queria mesmo era reescrever as paginas que já estavam escritas queria ter uma borracha e a apagar a sua ida ai sim teria muito para escrever.
Hoje tenho saudades das paginas que ficaram para trás e sem animo para as paginas seguintes por isso não me envergonho de não querer escrever mais pagina nenhuma agora só irei tentar colar os pedaços aqueles que sobraram os quais são tão importantes para que eu continue esses pedaços chamados Marcel e Ingrid, é o que dão forcas para ainda tentar rabiscar algumas linhas e tentar continuar minha historia com saudade no peito, mas com muito amor no coração.
Hoje no ultimo dia do ano apenas quero a felicidade de meus outros dois filhos muita saúde para minha família e muita fé para que eu consiga continuar ate te encontrar meu filho te amo e tua falta e muito grande nesta data  como vou agüentar mais um ano mas esse sem você, que Deus tenha piedade de mim e ajude a continuar e enfrentar este ano que se inicia te amo e sempre te amarei.....

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Uma data especial


Meu pequeno Papai Noel queria você de presente...

Meu Deus como esta sendo difícil passar por esta data tão importante nessa data o meu amado filho ficava com um brilho no olhar ele adorava essa data ele era a luz do natal em nossas vidas a felicidade que ele sentia se espalhava por todos ao seu redor não importava o que ele iria ganhar ele só queria que estivéssemos unidos e felizes. Meu filho sempre foi um anjo por que sempre pediu tão pouco e me deu tanto sinto mais do que nunca tua falta. Este ano não enfeitei a casa nem montei a nossa árvore, mas sei que você esta sendo a estrela que ainda brilha em nossa casa, filho que falta você me faz sei que se tu pudesses estaria aqui comigo, me dói muito não ter você aqui do meu lado se eu pudesse pediria a tua volta de presente de natal, mas como sei que isso não é possível peco a Deus que esteja bem pertinho de você e que nesse dia Deus te de um presente mandado por mim espero que você sinta o beijo que eu gostaria de estar te dando neste natal que você sinta todo esse amor que sinto por você meu filho feliz natal e um grande beijo de sua mãe... Amo-te e sempre te amarei com a maior intensidade de um sentimento mais puro que possa existir no universo esse sentimento de mãe que supera a distancia e que nem a morte pode fazer com que ele acabe. Espero o nosso reencontro para lhe dar novamente este beijo e este abraço te amo...


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Filho...


Meu querido filho a falta que dói no peito invade meu coração de uma forma tão intensa que paro de ouvir meu coração e passo a sentir a saudade latejante que maltrata o meu ser.
O mais difícil e saber que de nada adianta eu chorar rezar e gritar pois tua presença física eu jamais terei novamente, sinto falta do teu cheiro dos teus beijos das suas mãos a me acariciar e de você dizendo para mim não fica assim mãe eu vou cuidar de você.
Meu Deus como na vida a gente deixa muitas vezes de dar o devido valor para pequenas coisas que no momento parece não ter tanto valor curti você um montão, mas tenho a sensação  que poderia ter curtido mais e mais ...
Hoje só tenho a saudade de momentos vividos e daqueles que imagino vivendo com você, não te esqueço um só minuto o meu amor ultrapassa a sua existência física saibas que tu és e sempre será o meu maior amor e que nem a morte pôde separar, estamos um pouco longe mas estou tentando caminhar ao teu encontro com a permissão de nosso senhor Jesus cristo eu encontrarei você em breve .... Te amo muito meu filho e a cada dia morro com sua ausência, mas entendendo que para você foi melhor Deus ter te levado para seu lado para que você pudesse animar o céu ai em cima,,.
Amo-te...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Minha saudade




Minha saudade


Que saudade, saudade de você
Saudades daqueles momentos
Junto a ti

Momentos que gostaria
Que nunca tivessem terminados
Momentos que ficaram
Na minha memória

Sinto saudades,
Saudades dos teus olhos,
Saudades do teu cheiro,
Saudades do teu sorriso,

Mas afinal o que é saudade?
Saudade é um sentimento
Que traz consigo
Tristeza e dor;

Saudades sentimos quando
Perdemos aquilo que tanto amamos,
Saudades eu sinto.
Saudades de você

De você comigo...
Só me restou a saudade


Autoria: Isaias Melino



sábado, 5 de novembro de 2011

Como eu sinto...

Oi meu amor hoje faz três meses que você se foi o vazio continua a me assombrar as lembranças são tão presentes que parece que não aconteceu nada e que você esta em algum lugar da casa esperando que eu te encontre às vezes acho que tudo vai passar e que nós dois estaremos juntos novamente como antes, até a vida hoje tem outro sabor fico em casa com minha dor até que alguém chegue para que eu possa tentar sentir que ainda estou viva, mas quando estou só vivo pensando em você como se você estivesse comigo as televisões todas ligadas o meu quarto sempre escuro e a saudade sempre acesa. Pergunto-me todos os dias se deixei muita coisa sem fazer por você e peço desculpas todos os dias se te magoei alguma vez filho.
 O meu amor por você e eterno e sempre será presente para mim, é como se você estivesse aqui do meu lado e como se nada tivesse acontecido não tenho mais você fisicamente o que me dói muito, mas continuo te sentindo como se o teu amor continuasse a percorrer meu corpo, só não consigo vê-lo, mas consigo te sentir.
Amor eu sinto muito a tua falta e a cada dia essa falta aumenta mais, sua ausência é o meu maior castigo é como se o meu maior medo tivesse se concretizado da maneira mais cruel, não quero ficar amarga pois isso não vai me ajudar em nada, por isso amor te peço para que fique ao meu lado como sempre disse que iria ficar a mãe não tem mais sonhos mas sei que terei que esperar o meu tempo e sinto vontade de ver meus outros filhos casados e conhecer meus netos, e para que isso aconteça preciso de sua ajuda, meu anjo fique comigo para que meus olhos sejam o seus olhos e que a sua bondade me faça ser a minha bondade e que sua alegria possa ser a alegria do amor que sinto mesmo com sua ausência você tão presente. Amo-te demais...

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Finados

Seu cantinho amor amamos você...
Oi meu amor fomos ao cemitério e eu a Ingrid e seu pai ficamos o dia todo foi muito bom, pois consegui sentir uma paz imensa não sei se aquele local havia muitos anjos, mas a paz era nítida seu cantinho ficou lindo espero que tenha gostado de nossa arrumação, a mãe apesar de estar triste, estava bem senti você bem perto de nos. A mãe sabe que onde você esta agora com certeza esta bem melhor do que aqui sinto saudade, mas tenho certeza que você esta cuidando de mim do jeito que você sempre fez e isso me da força para continuar mesmo que isso me pareça impossível, filho o meu amor por você com certeza ultrapassou o céu e a terra e sei que esse elo não foi quebrado filho te amo e te sinto ainda muito próximo de mim quero que saiba que és o presente mais lindo que Deus me deu e agradeço a ele por ter me dado você mesmo que por pouco tempo te amo filho demais...

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Saudades...



Foi logo quando você nasceu que vi que era especial
Encantada eu fiquei ao ver o seu primeiro sorriso
Lindo e especial como já havia percebido
Inconformada eu fiquei quando te perdi
Perguntas eu fiz para saber por que
Entender talvez quem sabe um dia

Vejo hoje como o tempo passa
Inconformada eu fico por não te ter mais
Amo você demais para entender
Não poder mais te tocar e sentir
Aquele seu cheiro, seu jeito, seu sorriso

Gostaria que tudo voltasse a ser como era antes
Impaciente eu fico de tanta saudade
Rezo todos os dias para que Deus me console
Oro para que eu possa ser digna de te reencontrar ...

domingo, 30 de outubro de 2011

Quero melhorar

Meu filho fui hoje ao cemitério senti uma paz enorme, pois sei que você esta com papai do céu fiquei muito contente ao ver que estava tudo no lugar que ate as flores estava la tudo certinho.
A saudade é grande, mas começo a sentir que você esta bem e que já começou aceitar nossa separação física, para mim você continua comigo sinto que esta próximo me empurrando para continuar.
Sei que preciso me organizar tudo novamente, mas sinto que tenho que começar pedindo desculpas para Deus que tem me ajudado e que eu não tenho agradecido senhor me perdoe de coração sinto que estou em falta com o senhor.
Filho onde estiver quero que saiba que te amo muito e que ainda continuo vivendo por você é como se a cada minuto que vivo estou mais perto de te encontrar, porem me peguei questionando se estou fazendo aquilo que agrada a Deus para te encontrar e com a maior humildade peço que me ilumine para fazer o correto e me doar mais para os outros, pois quero ser uma pessoa melhor do que sou quero ser digna de ter sido mãe de um anjo como você meu filho, a partir de hoje quero fazer o bem sem olhar a quem quero ajudar a quem precisar quero ser uma pessoa mais religiosa entender mais a Deus, para ser mais de Deus por isso a partir de hoje tentarei ser uma pessoa melhor para ser digna de te reencontrar.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Deus porque?

continuando a história da doença...

Depois que ele foi para o quarto sua recuperação foi muito rápido ele operou dia 6 de dezembro e saiu dia 10 de dezembro o médico conversou conosco dizendo que em 20 dias teríamos o resultado da biopsia, voltamos para casa e o Felipe não queira ficar parado queria brincar pular e nós ficamos o privando de tudo, pois tínhamos medo de sua operação.
Apesar de todos me dizerem para esquecer o exame eu não conseguia, pois a ansiedade era grande queria que tudo aquilo acabasse e que minha vida voltasse ao normal.
Eu não consegui tirar da cabeça a despedida do cirurgião ao falar boa sorte na longa caminhada que vocês terão pela frente, aquilo soava como se eu já tivesse tido um diagnostico negativo sobre meu filho.
Quando chegou a data de retirar o exame tive que brigar no hospital, pois eles estavam demorando muito para me dar o resultado da biopsia, no dia em que consegui pegar o resultado era apenas parcial, faltando o resultado restante, fui para o serviço e pesquisei na internet e vi o que meu filho tinha era um câncer chamado medulo blastoma e pior grau (4) comecei a chorar desesperadamente eu gritava liguei para minha Irmã  e contei aos berros o que havia visto na internet, ela e meu cunhado foram me pegar no serviço e fomos direto para o hospital encontrar meu marido para tentar falar com o cirurgião e la tivemos a confirmação mais triste de minha vida perdi o chão não sabia mais quem eu era e porque estava la meu Deus como em questão de segundos um sonho inteiro pode acabar e sua vida mudar desta forma você só consegue se perguntar o que eu fiz de tão errado meu Deus tudo parece ser um castigo senti tanto medo não sabia como agir e o que pensar,e daquele momento em diante o que faria? Como agiria? O que eu sentiria? Até onde agüentaria? Tantas perguntas e nenhuma resposta. Cheguei a achar que naquele momento Deus tinha me abandonado. Hoje vejo que ele nunca me abandonou e que nós que às vezes nos afastamos dele.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Meu filho hoje é o seu dia



Meu amor no dia das crianças quero dizer que te amo esteja com Deus saudades...

Já faz três semanas que vou ao cemitério para te homenagear meu filho, mas nesta quarta-feira por ser o dia das crianças confesso ter ficado mais emocionada a saudade aumentou o vazio também, é tão difícil ficar sem você sem te cuidar sem te colocar para dormir sem te sentir fisicamente.
Ah meu filho amado quanta falta você me faz, sua alegria, sua compreensão, sua vontade de viver, seu beijo, seu abraço, seu cheiro, enfim ser mãe de um ser como você me faz muita falta. A alegria de nossa casa acabou eu o Marcel e a Ingrid tentamos às vezes sorrir lembrando-se de suas artes, mas acabamos caindo novamente na saudade que não passa e só aumenta. Nós mães que perdemos nossos filhos ficamos instáveis cada dia e um dia, pois a cada momento é um sentimento diferente espero que um dia eu consiga colocar esses sentimentos em ordem novamente, pois a confusão que se cria dentro de nos chega a dar falta de ar sensação de vazio completo, ficamos sem esperanças, sem vontades enfim sem um amanhã.
Espero que no céu os anjos tenham feito muitas festas para comemorar o dia desses anjos que estão ai com papai do céu, filho te amo muito estou com muitas saudades, feliz dia das crianças.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Senhor me ajude

 
Meu senhor ajuda-me a entender

Senhor quero que em teus braços eu seja consolada por que a minha dor está sendo difícil de carregar sozinha por isso senhor peço  misericórdia e que me ajude a passar para uma nova etapa a qual não tenho nem Idéia de como começar, mas que com o senhor tudo vou conseguir e nada me faltará.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

A operação

A madrugada passou muito devagar, mas eu consegui dar uma cochilada. Quando fui acordada pela enfermeira meu coração disparou quase tive um infarto, pois apesar de saber que sua operação fosse acontecer não achei que ia ser tão cedo, tinha medo, pois estava sozinha eu e ele ninguém da minha família havia chego, lembro-me que aqueles minutos que passaram antes de chegar à sala de cirurgia foram horríveis, pois tinha que me manter calma por causa de meu filho, mas meu pavor aumentava cada vez que me aproximava da sala acho que a pior coisa que existe é quando eles entram para sala e nos ficamos apenas com aquele ultimo beijo sem saber o que será depois daquele momento que você somente fala fique calmo estarei aqui vai com Deus e meu anjo com aquele olhar confiante me disse  você vai ficar  bem mãe fique calma e não chora.
Hoje me pergunto como pode um ser tão pequeno ser tão grande, pois diante de seu medo a sua preocupação era comigo como pode meu Deus eu ser merecedora desse anjo, assim era meu filho amado.
Graças a Deus todos começaram a chegar e fiquei eu meu marido e meus filhos na sala de espera. Acho que foi o dia em que mais rezei em minha vida pedi tanto pelo meu filho e Deus me ouviu, pois ele saiu sem seqüelas da operação e o médico disse que havia tirado todo o tumor, meu coração encheu-se de alegria e confiança.
Naquele dia foi tudo muito lindo, pois teve uma hora que entrei em desespero e desci para ver minha mãe que estava em outro andar esperando e quando cheguei tinha a minha família inteira todos torcendo e rezando pelo meu filho por isso eu digo sempre que a família é tudo que temos de melhor na vida.
Fiquei aliviada, pois o pior já havia passado ele ficou na UTI eu podia ficar com ele durante o dia, mas a noite não eu saia as 22h00min ou até me expulsarem que era exatamente o que acontecia os dois dias que ele ficou.
Foi na UTI que vi meu filho chorar porque não queria que eu fosse embora de perto dele, mas graças a Deus ele passou dois dias apenas o qual reclamou do atendimento da enfermaria ele disse que chamou uma delas e elas nem atenderam, ele se queixou muito sobre o acontecido.
Vou deixar um alerta para profissionais que trabalham nesta área, sejam sempre humanos e trabalhem sempre como se cada paciente fosse um parente seu e com certeza vocês estarão fazendo um ótimo trabalho, principalmente quando tratamos com crianças acreditem elas são anjos enviados por Deus e não merecem nem um tipo de desprezo ou indiferença, por isso profissional dessa área aprenda com esses erros para não cometê-los mais com nenhum anjo que passarem por vocês. Afinal de contas os anjos merecem o melhor de vocês porque o pior eles já tem que é a doença, pensem nisso hoje, agora e sempre.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Deus acompanha

Recompus-me e subi para ficar com o meu anjo não sei onde encontrei forças para ficar firme ao lado dele, pois meus medos se ajuntaram todos e as inseguranças tomaram conta de mim.
Ficamos internados e o médico cirurgião falou para mim que na terça-feira eu teria uma reunião para marcar a cirurgia de meu filho, perguntei se era grave o caso dele e ele me disse que só após a operação poderia dizer algo, perguntei então se era perigosa a operação dele, o médico olhou para baixo e disse que cada caso é um caso e que toda cirurgia tem seu risco e a dele por ser no cerebelo poderia ter seqüelas, mas que ele não podia dizer nada pediu para rezarmos e ficou em silêncio só falou que voltaria a falar comigo.
Fiquei apreensiva, pois sabia da operação, mas não sabia quando o meu filho ia operar. Meu filho sempre foi muito inteligente e logo perguntou o que era que ele tinha, mas eu não tive coragem de dizer apenas disse que teria que fazer exames para descobrir. Isso tudo aconteceu na sexta-feira no sábado ele começou a piorar a dores aumentava e eu não sabia o que fazer os médicos aumentaram os medicamentos e cada vez mais as horas dos medicamentos diminuíam, quando chegou ao domingo a noite ele começou a vomitar sem parar e o cirurgião foi falar comigo de madrugada era 2:30 da madrugada, ele me chamou e disse prepare a cabeça de seu filho pois ele precisa saber que vai ser operado e vai ser amanhã  consegui um encaixe e vamos operá-lo de urgência pois não queremos fazer uma drenagem nele e do jeito que o  tumor está pressionando o cerebelo vamos ter que drenar então preferimos operá-lo amanhã mesmo. Entrei no quarto e logo o Felipe perguntou o que foi mãe e eu falei meu filho lembra quando você operou a apendicite tinha um carocinho que eles foram cortaram sua barriga e tiraram o carocinho e depois costuraram, ele com toda sua Inocência respondeu sim, e eu falei então você está com um carocinho na cabeça e vai ter que operar, mas vai ser a mesma coisa que a apêndice certo não tenha medo porque eles só vão retirar este caroço e costurar.  Lembro-me que ele abriu um sorriso confiante e disse: a se é assim mãe tudo bem é amanhã que vou operar?
Como as crianças conseguem ser tão doces e com sua simplicidade fazer um bem imenso a todos que os rodeiam lembro que naquela madrugada fiquei ligando para todo mundo para avisar de sua operação não consegui esconder meu nervosismo e ele continuava sereno como se eu não tivesse te dito nada meu Deus as crianças são realmente protegidas por uma forca maior sua, hoje lembrando tenho certeza disso, pois ele ficou calmo e tranqüilo. Hoje estou relembrando tudo com mais detalhes e quero aproveitar para agradecer a Deus por estar sempre presente com meu filho e dar aquela tranqüilidade a ele diante de tudo que estava acontecendo.
Deus sempre está com aquele que é bom e que nele confia e com certeza meu amado filho era um desses anjos que Deus acompanhou a todo momento.            

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

O medo

Fiquei naquele hospital na enfermaria em observação, lembro-me que ele vomitava muito e eu pensava, mas era só uma dor de cabeça por que vomitava tanto? Nossa como eu pedi ajuda para as enfermeiras eu não sabia o que fazer e nem como agir, mas elas ficavam indiferentes ao meu pedido acho que elas se acostumam com o sofrimento dos outros para elas tanto faz elas vêem isso todos os dias. Mas Deus sempre manda anjos em nossas vidas nos momentos que mais precisamos e ele mandou duas médicas, elas pegaram o caso de meu filho chamaram o cirurgião, pois só ele poderia pedir uma tomografia para meu filho, acho que ela falou que eu era uma amiga dela, pois assim que o cirurgião chegou, ela falou em meu ouvido para que eu dissesse que era sua amiga, com isso a tomografia foi pedida para ser feita de manhã.
Como aquela noite demorou a passar a cada vomito de meu filho meu desespero aumentava como ele havia piorado tanto de um dia para o outro não conseguia entender comecei a pensar que fosse uma virose, mas ao chegar de manhã fui levada com ele para a tomografia fiquei na sala com ele eu olhava pelo vidro a movimentação de médicos do lado de fora e aquilo realmente me assustou não sei, eu sentia lá no fundo do meu eu que as noticias não seriam as melhores, mas resolvi aguardar o resultado assim que saímos da sala me chamaram de canto e a noticia realmente não eram boas. Os médicos disseram que ele estava com um tumor na cabeça e teria que ficar internado, ao escutar aquelas palavras meu mundo desabou comecei a chorar não sabia para que lado ia queria abraçá-lo mas os médicos me advertiram para que eu não chorasse perto dele, sai desnorteada procurando meu marido para desabafar mas como sempre eu estava só naquele momento. Fui encontrá-lo entrando depois de algum tempo não me lembro, mas acho que meu marido subiu para o quarto com ele e eu fui amparada pela médica que acompanhava o Felipe sei que sai do hospital e com minha filha andei sem rumo por fora do hospital e só conseguia repetir que nós iríamos perder o nosso nenê chorei muito e minha filha só pedia para que eu tivesse muita fé para eu não desistir, pois a fé remove montanhas.  
Hoje com mais calma vejo que minha filha fez o papel que deveria ser meu e consigo enxergar o quanto eu era fraca e como tinha pouca fé, após chorar muito e questionar porque não descobriram isto no primeiro dia, não sei se iria mudar algo, mas ele não teria ficado esses 8 dias sofrendo.
Levantei a cabeça e pensei terei que ser forte, pois tenho que passar segurança para meu anjo, sempre estive do lado dele e esse era o primeiro ano que ficamos um pouco mais distante, pois no meu outro serviço eu o levava junto e fazia 4 meses que havia trocado de emprego e não podia mais levá-lo. Ao lembrar isso me sinto um pouco melhor de saber que ele foi o filho que eu mais tive tempo de curtir.
Hoje vejo que encontramos força naquilo que realmente nos fortalece que é Deus e naquilo que acreditamos ser uma bênção que é ser mãe e nessa hora que realmente sentimos isso no sentido mais profundo da palavra “mãe”.
Continuo depois...



terça-feira, 20 de setembro de 2011

A história que jamais queria contar

Bom hoje pensando em tudo que passei, decidi escrever cada momento da doença do meu filho amado para tentar entender muitas perguntas que tenho sobre mim perante a tudo, não sei se isto vai me ajudar, mas acredito que eu possa ver muitas coisas que no momento exato não conseguia enxergar pela própria correria ou devido ao desespero acabava passando desapercebidamente.
Bom às vezes acho que me culpo tanto por estar tão atarefada no momento em que se descobriu a doença, sim eu trabalhava de vendedora das 07h00min da manhã e saia as 17h00min horas, indo direto para o curso de administração o qual o seu termino seria no final de novembro de 2010, eu chegava as 23h00min.
Tudo começou com uma ligação na quinta de meu filho mais velho dizendo que o Felipe meu amado filho acordou vomitando, como eu estava trabalhando pedi para minha filha levá-lo a casa de minha mãe. O dia se passou e minha mãe disse que achava que era algo que ele havia comido, mas que já tinha melhorado.
Quando chegou ao outro dia ele disse que não iria para escola, mas que não precisava ficar com minha mãe disse que apenas estava com um pouco de dor de cabeça, não fiquei preocupada, pois achei que ele estava bem realmente.
Essa dor de cabeça ficou insistindo em voltar por isso decidi levá-lo ao hospital do Mandaqui no domingo, pois já era o segundo dia com dor de cabeça, e o diagnostico foi uma sinusite a médica passou Antibiótico e voltamos para casa estranhando o diagnostico por uma chapa da cabeça a qual a própria médica falou que não havia muita secreção para ser uma sinusite, mas até então falei para minha filha vamos esperar na segunda você vai ao posto para pegar o antibiótico, mas antes você passa no medico para ver se é sinusite mesmo, e foi exatamente o que ela fez, mas para nossa surpresa o diagnostico foi de que ele estava com enxaqueca e teria que passar por um neurologista o qual seria marcado sabe lá quando.
Quando soube do diagnostico novo, fiquei meio apreensiva e falei para ele será que não é vista, pedi para ele não ficar mais no computador para ver se melhorava, mas a dor de cabeça voltava não sei se era só quando eu chegava à minha casa ou se ele ficava com dor na escola.
Na quarta fui me formar e ele estava bem quando começou a reclamar de dor eu lembro que ate falei para ele de novo Felipe temos que ver isso, lembro do meu anjo pedindo desculpas, pois ele não queria estragar a minha apresentação o TCC, olha eu ai achando algo para me culpar, ele ficou até o final da apresentação sem reclamar ele realmente me amava...
Chegando do TCC dei dipirona e percebi que seu pescoço estava meio duro fiquei com medo de uma possível  meningite então pedi para minha filha ir ao hospital do Mandaqui novamente e falar que não havia melhorado, pois fazia três dias que toda noite tinha que dar dipirona para ele, e assim minha filha o fez levou ele e eu do trabalho ligava para saber como estava, ela ia-me passando por telefone o que ia acontecendo sei que ela brigou com os médicos para que fosse feito algum exame que ela só sairia de lá quando a dor de cabeça do Felipe tivesse parado, sai do serviço direto para o hospital e chegando lá encontrei meu filho muito mal vomitando e com muita dor de cabeça.
Ao vê-lo senti que algo não estava bem, mas mantive a calma, me lembro que meu marido queria tirar ele do hospital por que dizia que a noite nada iria ser feito, mas eu não quis sabia que algo estava errado, agora acredito que intuição de mãe e muito forte, pois senti naquele momento que algo muito errado estava acontecendo.
Aproveitando deixo aqui um alerta para as mães, uma dor de cabeça é um sintoma que muitas vezes não damos muita importância, mesmo eu dando a devida importância tive que dar sorte de pegar médicos competentes para que o diagnostico fosse correto por isso temos que insistir com vários médicos e devemos seguir nossas intuições de mãe.
Continuo amanhã...

domingo, 18 de setembro de 2011

Etapas da vida

Hoje me peguei pensando sobre a “dor”, na vida temos varias dores.  
Comecemos com a dor da infância, quem não se lembra do seu primeiro dia de aula, o qual todos passamos, pensamos que nossos pais vão nos deixar na escola e não vão voltar mais para nos buscar, como dói deixá-los ir.
Depois vem a adolescência, e com ela a dor da insegurança, de não ser a menina mais bonita, de não fazer parte da turma mais legal e de não ser popular.
Nossa e o primeiro emprego que dor, você é a menos inteligente da empresa a mais desatenta e se bobear a que faz tudo errado.
E não podemos esquecer a dor do primeiro amor, nossa com essa dor chegamos a achar que o mundo vai acabar.
Quando encontramos o homem certo vem o casamento e com ele a dor da separação, temos que deixar nossos pais, perdendo com isso nossa proteção.
E com o casamento vem a gravidez e com ela a dor do parto essa todo mundo diz que e a pior.
Hoje estou aqui para discordar, pois a pior dor do mundo e a de perder um filho o qual você passa por tudo isso para tê-lo, e sonha que ele possa passar por tudo que você passou, e quando isso é interrompido você descobre que não existe dor maior que a perda de um filho...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

sinais


Os sinais

Na vida da gente temos vários sinais os quais no conseguimos entender vou contar um que eu tive, quando fiquei grávida de meu anjo Felipe fiquei muito feliz e com 8 meses havia escolhido seu nome que seria Carlos o nome de meu avô materno mas em uma noite sonhei que meu avô  já falecido me dizia que era muito bom eu ter colocado o nome dele pois assim ficaria mais fácil de buscá-lo, acordei assustada e chorando e falei a meu marido e a todos da família que mudaria o nome dele por causa do sonho no inicio todos acharam besteira mas respeitaram minha vontade fui para maternidade sem ter um nome para ele, quando nasceu meu marido perguntou como chamaria e eu não quis escolher e quem escolheu foi ele e meus outros filhos.
No hospital quando me levantei e olhei no espelho vi meu rosto torto e comecei a chorar e dizia a minha mãe que estava com a boca torta e minha mãe dizia que era coisa de minha cabeça, à noite tive um acesso de choro e tiveram que dar medicamentos fortes para que eu ficasse sedada. Ao chegar em minha casa e ver meus outros filhos eu chorava feito louca, mas não sabia explicar a causa, os dias foram passando e todas vezes que eu ia amamentar eu chorava muito e não era de dor, só não sabia dizer o motivo, todos achavam que eu estava com depressão pós parto, nesse meio tempo houve um dia que achei que estava com um tufo de algodão na barriga esquecido pelo medico não sei quanto tempo demorei para ficar melhor mais acho que naquela época já havia recebido sinais do que viria a acontecer para meu filho ele já veio pré-destinado e  meu coração de mãe já sentia. Se pudéssemos interpretar certos sinais talvez aproveitássemos mais todos os momentos com mais intensidades, hoje vejo que não podemos contar com sinais temos que viver como Deus nos ensinou para não ter essa sensação de ter deixado algo sem fazer ou de ser dito, filho espero que eu tenha vivido para você intensamente e que não tenha lhe faltado um só minuto de carinho, mas se te faltou perdoe-me por não saber mostrar o quanto te amava, dizem que nada vem por acaso essa dor que estou passando não desejo a ninguém e juro meu filho que tentarei viver totalmente na lei de Deus para que eu possa ser merecedora de te encontrar na minha hora. Te ano meu anjinho estou com muita saudade...


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

A tristeza

O abismo


Deus, meu coração esta dilacerado estou perdendo as forcas luto para continuar, pois meus filhos precisam de mim, porem esta tristeza que me consome esta me levando para um abismo do qual sinto que não conseguirei sair.
Deus dê-me a compreensão não aquela que todos têm, de que foi melhor para ele, que um dia todo mundo morre... O que quero é entender o porquê, o sentido, a razão.
Quero sentir meu coração novamente batendo em meu corpo, quero sentir novamente a vida, e acima de tudo quero me sentir merecedora de algo que me faca novamente sentir que Deus me ama e não me esqueceu.
Todos esses sentimentos se misturam dentro de mim desorganizada mente trazendo essa sensação de que não tenho mais controle sobre o que sinto ou penso, o choro que deveria ser uma forma de desabafo se torna uma forma de desespero me trazendo um grande desconforto e um vazio imenso.
Ainda não sei quando vou conseguir respirar de forma mais suave, quando vou comer sentindo o gosto da comida ou quando conseguirei sair de casa ou mesmo continuar a viver, só sei que a dor que estou sentindo esta me consumindo e me deixando a cada dia, mais fraca.
A única certeza que tenho é que eu te amo meu filho, com um amor imenso, e que esse amor jamais vai diminuir, e que essa saudade dói dentro de minha alma.

 


terça-feira, 13 de setembro de 2011

Deus por favor...




Meu anjinho, hoje a Ingrid foi fazer aula de dança e eu fiquei sozinha com minha saudade e tenho que confessar que foi horrível...
Comecei a lembrar de você e filho como doeu saber que eu realmente estava só, preciso de ajuda não sei o que esta acontecendo, mais acho que estou ficando louca, pois ao chorar e pedir seu perdão, no meio do meu desespero olhei para o cartaz que esta tua foto e vi nitidamente você chorar também, levantei-me da cama e fui olhar de perto e filho vi seus olhos como se estivessem lagrimejando, e ai sim foi que chorei mesmo.
Meu filho amado onde você estiver quero que entenda o meu sofrimento e espero que você esteja bem, pois só assim ficarei bem, pode ser impressão, mas sinto que você não estava preparado para me deixar e por isso você também sofre, peço a Deus que me ajude a sentir que você esteja bem e feliz espero que eu sinta isso para que meu coração fique um pouco calmo. Deus te peco, por favor, que me faça sonhar com meu filho para eu ter certeza que ele esta bem, estou em pânico e com uma tristeza imensa, por favor, acalente meu coração. Filho boa noite a mãe te ama um montão assim...




domingo, 11 de setembro de 2011

Quero entender

Meu filho faz dias que não escrevo, pois eu estava fazendo uma montagem, filho hoje é domingo e estou só, apenas com minhas lembranças e chorando feito louca, não adianta eu não consigo esta minha tristeza invade a minha alma, por mais que eu tente a sensação de perda e muito grande.
Hoje fiquei tentando relembrar os últimos dias vividos por nos dois parece que algo bloqueia minha mente, lembro-me que dias antes de você falecer você disse que entendia tudo o que estava acontecendo, falou que Deus havia te dito que você já havia morrido e que ele tinha te dado uma segunda chance por isso estava passando por tudo aquilo, lembro-me que ficamos em silencio e não falamos mais nada... Hoje espero que Deus me faça entender tudo o que aconteceu com minha vida a qual não sinto mais. Filho te amo e não te esqueço um só segundo minha alma e meu coração continua sendo totalmente seu...

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Quando a vida perde o sentido




Quando a vida perde o sentido
 o que se tem é o vazio


A vida perde o sentido quando aquilo tudo que você acredita e sonha   inesperadamente sem explicação sai do seu alcance, meu filho amado foi tirado de mim de uma forma bruta e repentina deixando dentro de meu coração um vazio imenso, em minha alma uma impaciência,  em  minha  boca  o  gosto  amargo   da perda, meus  passos  agora andam  perdidos em um vale de magoas, de descrenças, de inseguranças e de desespero.
Como  dói  não  sentir mais  você  meu  filho, a vida perdeu  a  compreensão  perante  a sua  morte,  me pergunto todos os dias porque para que continuar se a única coisa que eu sempre valorizei foi meus filhos e agora algo La no fundo perdeu totalmente a lógica.
Hoje  tenho  certeza  que   não   temos   influencia nenhuma em  nossos  destinos  e  que  não  podemos mudar nada em nossas vidas.
Estou em pedaços e com um sentimento de culpa por não ter podido te proteger de tudo que você passou e sofreu, é assim  que  estou  me  sentido com  raiva  e muita tristeza, sinto  meu coração  sangrando  por dentro e pior sei que isso não vai ter cura nunca, na verdade sinto vontade de me rasgar inteira   e de me revoltar, sei que todos dizem  que tenho  meus outros dois filhos, mas nesse momento sei que eles estão aqui comigo e lógico jamais vou largar eles, mas o porque de viver acabou quando o ultimo suspiro de meu filho foi dado.
Graças  a  Deus  meus  outros  filhos  não  estão   me cobrando  nada  porque  sabem  que amo eles demais, eu  me considerava  uma só  pessoa  eu e meus filhos, por isso essa sensação de  que  não estou mais viva é como se eu tivesse morrido também.
Deus me ajude a ter a aceitação e a compreensão  de digerir todo esse episodio  de minha  vida, que se  eu pudesse  com certeza apagaria esta pagina.
Filho morro a cada minuto com sua ausência
                 Te amo... Saudades...

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

domingo, 4 de setembro de 2011

Poema de um anjo



Meu anjinho


 Como eu era muito arteiro,  
Um dia, em uma brincadeira quebrei minhas asinhas
E cai na terra. Cai num lugar onde encontrei
Pessoas que me receberam, cuidaram de mim
E principalmente me amaram

Depois de um tempo, eu tive que regressar
Ao lugar de onde havia caído.
Feliz eu fui para casa de meu pai,
Jesus, lá no céu.

E a todos que me amaram aqui na terra,
Quando sentirem saudades, olhem aquela
Estrela no céu. Qual estrela? ...
Aquela que mais brilhar...
Pois sou eu e estou muito FELIZ...







segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Meu anjo...

Meu Deus que saudades...

Muitos anjos habitam em Betel
Mensageiros de paz e de alegria
Como exemplo eu vos cito Gabriel
Conduzindo a mensagem para Maria

Com o peso e a balança tem Miguel
Pra pesar as ações, no dia a dia
Na saúde nos temos Rafael
Trabalhando com Deus em harmonia

Mas Javé procurava entre o povo
Um menino para ser um anjo novo
E compor seu plantel, a sua equipe

Foi assim que o bondoso pai divino
Escolheu para ser anjo esse menino
E levou para Betel o meu anjo Felipe


Meus agradecimentos ao autor
Marcilio Siqueira, 05/08/2011

sábado, 27 de agosto de 2011

como viver sem você


como viver sem você meu filho amado
Como é difícil pensar em você que está ainda tão presente na minha dor
Queria poder voltar o tempo e ter você aqui juntinho de mim
A meu ver da onde nunca deveria ter saído, mas como todo mundo diz “Deus sabe o que faz”
Filho eu estou tentando todos os dias aceitar tudo que aconteceu
 Mas a tristeza acaba por invadir meu coração, e quando as lagrimas começam a cair é como se tudo voltasse do zero
Todos meus esforços se acabam quando começo lembrar como você lutou
Como você acreditou em tudo que eu falei, e lembro-me de cada desistência sua o quanto eu te cobrava a luta
Meu filho a cada cobrança minha havia uma luta contra tudo que os médicos haviam me dito
Eu realmente tentava acreditar em todas as palavras de esperança que eu te dizia
Meu filho eu sei que você não desistiu porque sempre acreditou que tudo que eu dizia realmente era verdade
Hoje estou aqui para lhe pedir perdão por ter exigido de você, uma força que eu já não tinha, enfim por ter mentido com tantas esperanças falsas, mas que a cada uma que eu falava eu queria que fosse verdade
Espero que onde você esteja saiba que sua mãe só queria te proteger, mas quando nós mães se sentimos impotente em poder ajudar tentamos pelo menos amenizar dizendo tudo aquilo que gostaríamos que fosse verdade  
E eu meu filho desejei muito sua cura tanto que cheguei acreditar que fosse possível
Hoje não consigo ainda acreditar que você se foi durmo todas as noites achando que vou acordar e que terei aquela mãozinha pequenina a me acariciar novamente meu filho te amo e ainda não sei como vou viver sem você

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Sem sentido

A dor da perda
É o fim sem nada
É o nada sem fim
É a dor latejante
É a busca constante
De porque tudo isso
Isso tudo por quê?
 

MEU FILHO AMADO QUANTA SAUDADES...
TE AMO...

Meu filho amado

Quando penso na saudade que me dói La no peito
O ar me falta mesmo que eu esteja ao vento
Esperar uma vinda talvez uma ida
 Ao encontro do nada perdido no tempo
Como entender, como aceitar, como continuar
Aquilo que se foi interrompido e deixado no ar
Aquela saudade,  aquele sorriso, aquela vontade
De que tudo não acabe e que seja na verdade
Apenas um sonho que você vai acordar
E quando olhar...
Vai estar tudo exatamente no mesmo lugar...



ESSA ERA MINHA VIDA HOJE SEM MEU FILHO AMADO COMO VAI SER?